quinta-feira, 2 de agosto de 2012

ALEJANDRO MARTIN RUIZ DIAZ NO CONGRESSO DE SANTOS


Psiquiatra Alejandro Martin Ruiz Diaz na Mesa Redonda III

Dedicado a pesquisas científicas, o cirurgião argentino Alejandro Martín Ruíz Díaz (foto) participará em setembro da Mesa-Redonda III do XX Ingresso Espírita Pan-Americano, da Cepa, discorrendo sobre "As implicações psicofisiológicas da reencarnação no plano individual“. A atividade tem como temário geral "A contribuição da cosmovisão reencarnacionista para o desenvolvimento ético do indivíduo e das coletividades".

Médico psiquiatra de renome, desde muito jovem Alejandro Ruíz Díaz é ligado à causa espírita. Integra o Comitê para Estudos Científicos da Confederação Espírita Pan-Americana há 26 anos, tendo exercido a vice-presidência da CEPA no período de 1993 a 1996. Foi vice-presidente do Conselho de Relações Espírita Argentino, entre 1966 e 1999. Realizou mais de 300 palestras sobre temas espíritas, sociais e de saúde mental no Chile, Colômbia, Venezuela, Porto Rico, Brasil e em diversas cidades de seu país, tanto em instituições espíritas como em centros culturais e auditórios de diferentes ONGs da Argentina. Participou de programas de difusão e debate em rádio e TV de várias regiões, publicou inúmeros estudos em revistas argentinas e prossegue, atualmente, com seu trabalho na Sociedade Espiritismo Verdadero de Rafaela, Santa Fé.

Com especialização em Saúde Mental, Alejandro Ruíz presta atendimento no Hospital Psiquiátrico "Emilio Myra y López", na Província de Santa Fé, do qual foi diretor durante dois anos e onde integrou o Comitê de Docência e o Comitê de Farmacologia. Participou do Grupo de Teatro do Hospital, apresentando-se em várias cidades e no Festival Internacional de Artistas Internados em Hospitais Psiquiátricos em Posadas (Missiones). Em clínica particular, atende adultos e adolescentes.

Extenso currículo em área pública e de Gestão de Saúde destaca, entre outros, trabalho como diretor médico da Policlínica de Rafaela e da Clínica Mayo, na mesma cidade; fundador e primeiro vice-presidente do Fundo para Alta Complexidade e Alto Custo da Rede Argentina de Saúde; integrante da Mesa Diretora da Rede Argentina de Saúde, da Confederação Médica da República Argentina, ocupando os cargos de Secretário das Finanças, de Assuntos Universitários e Bem Estar e o de Imprensa, durante três períodos consecutivos. Ocupou diferentes cargos na Comissão Diretora da Federação Médica da Província de Santa Fé. Dirigiu "Federação", órgão institucional e a "Revista do Centro Assistencial", com tiragem de 6.000 números e distribuição gratuita.

Nenhum comentário: